Rumo às maravilhas
Dia 8/24/2009 09:54:00 PM,  por Igor Koermandy Pereira


Alice segue sem se perguntar onde vai
mesmo sem saber por que, entra e sai
não visa nem evita o grito de ai
não sabe a profundidade do buraco que cai

Somos todos Alices perdidas
sem passaporte, direto
entramos e moramos anos em nossas vidas
sem saber em que país estamos

louvamos aventura
pensamos desrrazão
desejamos racionalidade
vivemos loucura
somos insanidade

vai Alice, ingênua criança
aproveita enquanto a alegria te alcança
não se apresse a entrar em nossa dança

não sei mais a letra da música
de lagosta branquinho ou camarão
minha cabeça anda confusa
Chapeleiro! mais chá de ilusão!
pois enchergar é tanta utopia
à sombra da ciência que afasta a alegria
que beber menos chá não é opção.

Não vale o esforço sanar o coração,
escolher pelo destino a direção,
tentar prever o que esperar,
e destinar-se a decepção.

Vamos! Venham viver!
Iremos decididos
sem objetivos
sujeitos a todas as dores com muito prazer.



<< página de postes
  arquivo

*01/05/08
*01/05/09
*01/06/09
*01/07/09
*01/08/09
*01/09/09
*01/10/09
*01/11/09
*01/01/10
*01/04/10
*01/05/10
design asterístico – definição do zine página principal perfil de cada um (principais atributos) eeraltices de tia apa como conseguir as edições anteriores do KU? como interagir com o zine – mandar posts – mandar textos e ilustrações em construção – nossas mídias não impressas contato peraltices da tia apa